1808 e 1822 – Laurentino Gomes

1808 – Como uma rainha louca, um príncipe medroso e uma corte corrupta enganaram Napoleão e mudaram a História de Portugal e do Brasil” e “1822 – Como um homem sábio, uma princesa triste e um escocês louco por dinheiro ajudaram D. Pedro a criar o Brasil – um país que tinha tudo para dar errado” não são romances, são livros-reportagem sobre a história do Brasil, Portugal e da corte no começo do século XIX até aproximadamente 1835. Apesar de não ser romance, a leitura é muito gostosa e que flui muito fácil.

1808-1822_ Continuar lendo “1808 e 1822 – Laurentino Gomes”

A Lista de Brett- Lori Nelson Spielman

Estava postergando a leitura desse livro desde que vi em uma livraria e me apaixonei pela capa. Olha que linda a capa da edição em alemão:

226615178_267721_10492274515515163066

O título em português já deixa claro sobre o que é a história: a lista de Brett é uma lista de objetivos (uma bucket list) que a Brett fez quando era adolescente.  Continuar lendo “A Lista de Brett- Lori Nelson Spielman”

12 livros suecos populares!

Depois do post sobre os livros mais importantes da literatura sueca (aqui), esse post é sobre os livros mais populares (e agora tem livro que conheço e está na lista de leituras!). Como imaginei, Stieg Larsson está nos primeiros lugares, talvez porque seja mais conhecido internacionalmente, talvez por causa dos filmes da trilogia Millenium (que acabei de descobrir que tem um quarto livro, A garota na teia de aranha, publicado em 2015, pelo escritor David Lagercrantz). Outra escritora importante, que também tem 3 livros na lista é Astrid Lindgren. Vou fazer a lista por autores e não necessariamente ordem de popularidade (se quiser ver a ordem, a lista está aqui).

Stieg Larsson

Os homens que não amavam as mulheres

A menina que brincava com fogo

A rainha do castelo de ar

1 Continuar lendo “12 livros suecos populares!”

Você vai voltar pra mim: E outros contos – Bernardo Kucinski

Você vai voltar pra mim: E outros contos é um livro com 28 (ou 30, se for a versão digital) contos do jornalista e escritor Bernardo Kucinski. Esse é o segundo livro de Bernardo Kucinski, o primeiro foi K., quase 40 anos após o desaparecimento da sua irmã e seu cunhado durante a ditadura militar (eles desapareceram em 1974).  

Os contos são sobre a ditadura militar no Brasil. Contos de ficção, como o autor diz no começo do livro, mas que não deixam de nos fazer sentir como se tivesse levado um soco no estômago. 

Aos leitores familiarizados com aqueles tempos, os contos podem lembrar episódios e pessoas conhecidas. Mas não passam de invenções, criações literárias sem nenhuma obrigação de fidelidade a pessoas ou fatos que eventualmente os possam ter inspirado.

Aos leitores mais jovens, não familiarizados com aqueles tempos, acredito que essas narrativas de cunho literário permitirão sentir um pouco a atmosfera de então, com nuances e complexidades que a simples história factual não conseguiria captar.

Continuar lendo “Você vai voltar pra mim: E outros contos – Bernardo Kucinski”

Um lugar mágico na Bélgica, a Vila do Livro de Redu

Depois dos posts sobre as Vilas do Livro de Urueña (aqui) e do Reino Unido (e aqui), vamos descobrir a Vila do Livro em Redu!

Redu, uma pequena província da Bélgica (bem pequena mesmo, tem 420 habitantes! e parece super fofa), é Vila do Livro desde 1984 e é um dos locais mais visitados da região graças as livrarias e eventos literários.

redu
Foto: roinessxxi.blogs.sapo.pt

 

Continuar lendo “Um lugar mágico na Bélgica, a Vila do Livro de Redu”

Os melhores livros do século XIX!

Continuando (depois de muito tempo) as listas de melhores livros, hoje a lista é dos melhores publicados no século XIX, segundo as votações no Goodreads.

Continuar lendo “Os melhores livros do século XIX!”

Promoção do Kindle por 199 reais!

O Kindle com tela sensível ao toque e Wi-Fi (não o paperwhite) está em promoção até amanhã por 199 reais e frete grátis. Confere no link.

kindle

 

 

Quinta Relâmpago na Amazon!

Quinta Relâmpago na Amazon hoje!


O Orfanato da Srta. Peregrine Para Crianças Peculiares

            Fahrenheit 451                                           

     
Maus             

(Já li Maus, é muito bom!
“Maus é um livro que ninguém consegue largar. Quando os dois ratos falam de amor, você se emociona; quando eles sofrem, você chora.” – Umberto Eco)

E outros, das 12h às 23h. O número de livros disponíveis na promoção é limitado.  

quinta relam
Quinta relâmpago

Quinta Relâmpago na Amazon!

Toda quinta tem Quinta Relâmpago na Amazon!

(até as 23 h)

Clarice Lispector. Todos os Contos

Gotham. DPGC. No Cumprimento do Dever

 

 

quinta relam
Quinta relâmpago Amazon

 

Uma reflexão sobre o filme Boyhood de Richard Linklater

O Comum de Ser

“Boyhood – da Infância à Juventude” é um retrato da vida, do ser humano e seus paradoxos. Ora calmo e pensativo, mas também ágil e dinâmico. Uma hora se diverte em uma brincadeira de criança e outra se prepara para a vida adulta. Mason brinca com seus amigos na rua, em seguida descobre a adolescência, passa na universidade e então sai de casa. O filme é um longa que foi gravado por doze anos sem alteração do elenco principal. Protagonizado por Mason Jr. dos seis aos dezoito anos de idade. Relata momentos e conflitos da vida de uma família americana nos anos 2000, e vários momentos e mudanças da vida de Mason – bons, outros nem tanto – que colaboraram para a formação de sua personalidade e a visão que a família tem do mundo.

boyhood Continuar lendo “Uma reflexão sobre o filme Boyhood de Richard Linklater”