Uma vila medieval na Itália, uma linda e encantadora Vila do Livro

A ligação de Montereggio, na Toscana, com o título de única Vila do Livro de toda Itália vem de longe. No século 16, vendedores de almanaques e livros (incluindo livros proibidos), viajavam pela Itália e exterior até o começo do inverno, quando retornavam para Montereggio. Essa atividade passou para as gerações seguintes e alguns dos descendentes dos vendedores do século 16, abriram suas próprias livrarias e se tornaram editores. Atualmente, em torno de 150 descendentes dos vendedores tem importantes livrarias pelo mundo. O interessante é que muitos dos livreiros, que saiam viajando e só retornavam para casa no início do inverno, não sabiam ler, mas sabiam da importância do mercado com o qual trabalhavam.

Clipboard01_
Montereggio

Continuar lendo “Uma vila medieval na Itália, uma linda e encantadora Vila do Livro”

Anúncios

Um lugar mágico na Bélgica, a Vila do Livro de Redu

Depois dos posts sobre as Vilas do Livro de Urueña (aqui) e do Reino Unido (e aqui), vamos descobrir a Vila do Livro em Redu!

Redu, uma pequena província da Bélgica (bem pequena mesmo, tem 420 habitantes! e parece super fofa), é Vila do Livro desde 1984 e é um dos locais mais visitados da região graças as livrarias e eventos literários.

redu
Foto: roinessxxi.blogs.sapo.pt

 

Continuar lendo “Um lugar mágico na Bélgica, a Vila do Livro de Redu”

As Vilas do Livro no Reino Unido

Mês passado falamos sobre a fofíssima Vila do Livro em Urueña, Espanha. Apesar de ter sido a primeira vez que ouvi falar em Vila do Livro, essa não é a única do mundo. O post de hoje é para mostrar (as lindas!) Vilas de Livros do Reino Unido.

A mais antiga das cidades/vilas de livros do mundo é a Hay-on-Wye, no país de Gales, quase na Inglaterra. A história de Hay-on-Wye como vila do livro começa em 1961, quando o bibliófilo Richard Booth resolveu transformar a economia do local com LIVROS. Comprou um castelo e uma antiga estação de bombeiros e abriu nestes prédios livrarias de livros usados. Com o tempo, outras livrarias foram surgindo em locais abandonados, e a comunidade de 2 mil habitantes tem atualmente 30 livrarias e aproximadamente 1 milhão de livros. Em 1977 Booth atraiu a atenção para a cidade quando se declarou rei de Hay-on-Wye e independente do Reino Unido (que não aceitou a independência). A cidade cresceu economicamente, atualmente recebe meio milhão de turistas por ano e impulsionou a criação da Organização Internacional de Cidades de Livros.

hay-on_
Hay Festival – Foto roughguides.com

Continuar lendo “As Vilas do Livro no Reino Unido”

A vila do livro na Espanha, Urueña

Urueña é o local na Espanha com maior densidade de livrarias por habitante. Em 2007, a pequena localidade, situada na província de Valladolid e a 220 km de Madrid, se converteu na primeira e única Vila do Livro,  na Espanha, incluindo a rede de Vilas do Livro do mundo.

A vila é realmente pequena, tem 223 habitantes e uma área de 44,04 km² (dados de 2007). E parece ser super fofinha! É uma cidade murada, com um castelo imponente do século XI e o muro do século XIII.

Ricardo Melgar - Urueña
Foto de Ricardo Melgar

É um local cheio de história que foi declarado Conjunto Histórico Artístico em 1975.

Continuar lendo “A vila do livro na Espanha, Urueña”

Casa do Pablo Neruda em Isla Negra

Em 2010 tivemos a oportunidade de conhecer a casa do Pablo Neruda em Isla Negra. Isla Negra em si já é um lugar incrível. Uma praia absurdamente linda.

Continuar lendo “Casa do Pablo Neruda em Isla Negra”