Gente, esse filme tem um livro?!

Atire a primeira pedra quem nunca passou por isso.

Mesmo leitores bem informados já devem ter tido essa surpreendente sensação de descobrir que aquele filme que você curte é na verdade uma adaptação.

É claro que você acaba se sentindo na obrigação de ler o livro…

Filmes lançados dos anos 2000 para cá já não costumam causar essa surpresa, pois com o advento da internet e o maior acesso a informação a chance de isso passar desapercebido é muito menor. Já nos saudosos anos 80 e 90 isso era muito mais comum (assim como era comum você saber do lançamento de um filme com semanas de antecedência e não meses ou anos, como é hoje em dia).

Por isso resolvi listar alguns filmes baseados em livros, que me pegaram de surpresa, e talvez surpreendam você também.

Jurassic Park (1993)

Um dos grandes sucessos de Steven Spielberg, e um divisor de águas para o cinema no âmbito dos efeitos especiais. O filme é uma adaptação do livro homônimo do autor Michael Crichton, que também participou da escrita do roteiro para o cinema. Ainda não li o livro, está na minha lista, mas ouvi falar muito bem.

jp Continuar lendo “Gente, esse filme tem um livro?!”

Anúncios

Livraria ou biblioteca?

Imagina a seguinte situação, vocês estão caminhando na rua, já cansados e leem: “Biblioteket”. “Vamos entrar”, óbvio.

Vocês entram, e começam a se sentir meio confusos. Tu tem certeza que leu biblioteca, mas parece tanto com uma livraria. “Era biblioteca mesmo que tava escrito?”, se perguntam. Continuam caminhando, e cada vez mais a certeza de que é uma livraria, nunca vimos uma biblioteca com os livros arrumados dessa forma. Pego um livro para conferir, e tem um código de biblioteca. “Então é uma biblioteca”. “Que confuso. Acho que realmente é uma biblioteca, mas isso é tão estranho”. “Deve ser uma livraria que o nome é Biblioteket”. “Olha como eles tem livros legais”, “Olha essas HQ’s”, “Será que é uma biblioteca mesmo?”, “Olha essa sacola de livros, será que é uma biblioteca mesmo? Não faz sentido, parece livraria…”

Esses foram diálogos meus com o meu marido enquanto tentávamos descobrir se estávamos em uma livraria ou em uma biblioteca. E só consegui concluir o que era de fato quando encontrei um folheto com as informações sobre a BIBLIOTECA!

Clipboard04
Folheto da biblioteca, sacolas de livros infantis

Continuar lendo “Livraria ou biblioteca?”

Uma reflexão sobre o filme Boyhood de Richard Linklater

O Comum de Ser

“Boyhood – da Infância à Juventude” é um retrato da vida, do ser humano e seus paradoxos. Ora calmo e pensativo, mas também ágil e dinâmico. Uma hora se diverte em uma brincadeira de criança e outra se prepara para a vida adulta. Mason brinca com seus amigos na rua, em seguida descobre a adolescência, passa na universidade e então sai de casa. O filme é um longa que foi gravado por doze anos sem alteração do elenco principal. Protagonizado por Mason Jr. dos seis aos dezoito anos de idade. Relata momentos e conflitos da vida de uma família americana nos anos 2000, e vários momentos e mudanças da vida de Mason – bons, outros nem tanto – que colaboraram para a formação de sua personalidade e a visão que a família tem do mundo.

boyhood Continuar lendo “Uma reflexão sobre o filme Boyhood de Richard Linklater”