O Fantástico Mundo dos Elementos – Bunpei Yorifuji

Livrarias oferecem experiências que lojas online não tem como oferecer, como contato com o livro antes de comprar, troca de ideia com vendedores e outros clientes, chegar na loja com uma lista de livros e não ter nenhum… E nessa de não ter nenhum livro da lista, tu acabas descobrindo maravilhas! Foi assim que descobri O Fantástico Mundo dos Elementos – A tabela periódica personificada!


O Fantástico Mundo dos Elementos é um livro ilustrado desenvolvido pelo japonês Bunpei Yorifuji.  Continuar lendo “O Fantástico Mundo dos Elementos – Bunpei Yorifuji”

Subliminar: Como o inconsciente influencia nossas vidas – Leonard Mlodinow

Quando ouvi o nome desse livro pela primeira vez no podcast Mamilos (ótimo podcast por sinal, recomendo!) achei que era um livro de pseudociência. Quando descobri o livro era do Leonard Mlodinow, senti mais confiança, ele é pesquisador, e como já li O Andar do Bêbado, sabia que ele coloca as referências no livro (ele não joga um monte de informações sem base alguma).

Sobre o livro: é um livro denso. É muita informação sobre como nosso cérebro funciona, sobre as pesquisas com o consciente e o subconsciente, são muitos casos que parecem impossíveis e tem muita coisa que dá medo! E esse dar medo é porque começa a mostrar que não estamos totalmente no controle, de forma consciente, de nós mesmos e que nem sempre a forma que nos lembramos de algum fato é como realmente aconteceu (essa parte de falsas memórias me dá muito medo! É um negócio muito louco! O Pirula fala sobre isso nesse vídeo). O Leonard Mlodinow apresenta resultados de pesquisas explicando de forma simples, para leigos, o que acontece no cérebro. E é incrível!! E se ficar curioso, ele deixa todas as referências para buscar os artigos publicados.

subliminar Continuar lendo “Subliminar: Como o inconsciente influencia nossas vidas – Leonard Mlodinow”

História da Ciência em Quadrinhos

Uma Máquina do Tempo resmungona e defeituosa, dois viajantes do futuro e Galileu Galilei saltando por aí pela história da ciência!

Aulas de ciência (física, matemática, química, biologia) podem ter te deixado com o pé atrás, né? Mas e se te mostrassem que ciência pode ser muito divertida? Que cientistas são pessoas comuns, não seres de outro planeta?

Essa é a ideia do “História da Ciência em Quadrinhos”. Despertar o interesse de crianças, jovens e adultos pela ciência de forma divertida!

livro-preview
Os quadrinhos

O projeto pretende distribuir essa HQ em escolas e bibliotecas (e também para quem quiser comprar) e para isso foi lançada uma campanha no Catarse (site para financiamento coletivo): https://www.catarse.me/hqciencia

Ok, legal, mas sobre o que é a história? Continuar lendo “História da Ciência em Quadrinhos”

Heavenly Intrigue: Kepler, Brahe e o assassinato por trás de uma das maiores descobertas científica

A minha primeira lembrança sobre Tycho Brahe sempre foi: havia morrido porque a bexiga estourou depois de um jantar e que havia trabalhado por 20 anos com as observações que depois foram usadas por Kepler para desenvolver as 3 leis de Kepler. Era tudo o que eu sabia, achava injusto a lei de Kepler não ser Kepler-Brahe, mas vivi com isso até janeiro desse ano, quando discutindo com amigos, discutimos que o Kepler poderia ter matado o Brahe para usar os dados sem dar os devidos créditos e eis que encontro esse livro: “Heavenly Intrigue, Johannes Kepler, Tycho Brahe, and the Murder Behind One of History’s Greatest Scientific Discoveries” – Joshua e Anne-Lee Gilder. Comprei o livro (a compra do livro é uma história a parte, comprei o livro TRÊS vezes para conseguir receber, e no fim, recebi 2).

O livro é bem interessante, conta a vida do Tycho Brahe e do Johannes Kepler, incluindo o contexto histórico e apresenta especulações sobre a possível causa da morte do Brahe.


Tycho nasceu na Dinamarca em uma família nobre, mas foi contra tudo o que um nobre deveria fazer: se apaixonou e seguiu suas paixões, primeiro pelo céu e resolveu estudar astronomia e depois por Kirsten, uma mulher pobre com quem se casou. Criou equipamentos para observar os astros e coletou dados super precisos por 40 anos. Kepler nasceu na Alemanha em uma família pobre e violenta, e passou por maus bocados na infância. Queria estudar teologia, mas foi empurrado para dar aulas de matemática. Era super inteligente e sua inteligência era reconhecida.  Se casou com uma viúva rica, por interesse. Criava muitos inimigos por onde passava.

Continuar lendo “Heavenly Intrigue: Kepler, Brahe e o assassinato por trás de uma das maiores descobertas científica”