Salvando um Kindle!

História comum: alguém senta no Kindle ou esmaga ele na mochila. Nesse caso, foi um amigo que sentou na mochila, o Kindle estava dentro e a tela quebrou. Tela quebrada, ele comprou um novo. Sabendo que eu sou o tipo de pessoa que não gosta de jogar fora coisas que ainda podem ser consertadas (principalmente eletrônicos), ele me ofereceu o aparelho para arrumar. Aceitei e, depois de uns 8 meses, resolvi que tentaria trocar a tela. Assisti a alguns vídeos, não pareceu ser um bicho de sete cabeças, então encomendei a tela pelo eBay.

 

Continuar lendo “Salvando um Kindle!”

A Cor Púrpura – Alice Walker

A Cor Púrpura, vencedor do Prêmio Pulitzer de 1983, já começa te dando um soco no estômago.

516mqijE6QL._SY346_

O livro é uma coleção de cartas que Celie, uma mulher americana, negra e pobre do começo do século XX, escreve para Deus e para a irmã, Nettie. Nas primeiras cartas já dá pra entender que a leitura não vai ser fácil, que vai ser uma leitura pesada, que tu vai sentir as dores das personagens, que tu precisa continuar lendo, e tu precisa que as coisas melhorem.

De todo jeito, eu falei, o Deus pra quem eu rezo e pra quem eu escrevo é homem. E age igualzinho aos outros homem queu conheço. Trapaceiro, isquecido e ordinário.

Continuar lendo “A Cor Púrpura – Alice Walker”

Livros inspirados em outros livros

A Bookstr fez uma lista de livros que foram escritos inspirados em outros livros. Listei aqui os livros mais interessantes.

  1. Admirável Mundo Novo (Aldous Huxley) inspirado em A Tempestade (Shakespeare).

    1

    O título de Huxley (Brave new world, em inglês) foi retirado da peça de Shakespeare. Além disso, preocupações com a destruição dos homens bons por uma sociedade que usa e abusa deles, é vivenciada por John em Admirável Mundo Novo e por Caliban em A Tempestade.

  2. Madame Bovary (Gustave Flaubert) inspirado em Dom Quixote (Miguel de Cervantes).

    Emma Bovary é uma residente rica, gasta o tempo lendo os romances sentimentais pelos quais é encantada, até o ponto em que ela está disposta a arriscar sua vida estável por uma fantasia romantica que ela pensa que pode fazê-la feliz, assim como o herói de Cervantes.
    Clipboard01

  3. O Mestre e Margarida (Mikhail Bulgakov) inspirado em Fausto (Johann Wolfgang von Goethe).

    5
    Bulgakov faz diversas referências a Fausto e seu acordo com o demônio, começando pela epígrafe.

  4. Fronteiras do Universo (Philip Pullman) inspirado em Paraíso Perdido (John Milton).

    Pullman retirou o nome da série (His Dark Materials) diretamente do poema sobre a queda do homen do Eden do Paraíso Perdido. Ambos falam sobre questões da viabilidade do inocente e o preço do conhecimento em um mundo deteriorado.
    8

 

 

 

 

Mega Oferta na Amazon!

Começou a segunda edição da Mega Oferta da Amazon! Confere algumas das promoções:

1

E todo dia tem oferta relâmpago e livros com até 90% de desconto: http://amzn.to/2rVQnsP

  • Algumas das ofertas relâmpago de hoje:
    oferta relampago

Cem anos de solidão – Gabriel García Márquez

Em Cem anos de solidão, segunda obra mais importante da literatura hispânica (IV Congresso Internacional da Língua Espanhola, 2007), Gabriel García Márquez conta a história da família Buendía e a cidade de Macondo.

A história começa com a vida do José Arcadio Buendía e Úrsula, e a fundação de Macondo. A partir desse ponto, a família e a cidade crescem e passam-se mais de cem anos de aventuras, solidão, e fatos estranhos (para o leitor, para os personagens tudo parece normal).

“El primero de la estirpe  está amarrado en un árbol y al último se lo están comiendo las hormigas.”

Gabo

Continuar lendo “Cem anos de solidão – Gabriel García Márquez”

O médico e o mostro, ou o estranho caso de Dr. Jekyll e Mr. Hyde – Robert Louis Stevenson

Esse ano resolvi que vou colocar em dia a leitura de vários clássicos que estou há anos querendo ler. Um desses clássicos era O médico e o monstro.

Eu não sei como, mas eu não sabia nada sobre esse livro. Não fazia ideia do que se passava na história e fiquei de queixo caído quando descobri “a verdade” (quase tanto quanto o Dr. Lanyon e Mr. Utterson quando descobriram o que aconteceu).

Continuar lendo “O médico e o mostro, ou o estranho caso de Dr. Jekyll e Mr. Hyde – Robert Louis Stevenson”

O Fantástico Mundo dos Elementos – Bunpei Yorifuji

Livrarias oferecem experiências que lojas online não tem como oferecer, como contato com o livro antes de comprar, troca de ideia com vendedores e outros clientes, chegar na loja com uma lista de livros e não ter nenhum… E nessa de não ter nenhum livro da lista, tu acabas descobrindo maravilhas! Foi assim que descobri O Fantástico Mundo dos Elementos – A tabela periódica personificada!


O Fantástico Mundo dos Elementos é um livro ilustrado desenvolvido pelo japonês Bunpei Yorifuji.  Continuar lendo “O Fantástico Mundo dos Elementos – Bunpei Yorifuji”

Uma vila medieval na Itália, uma linda e encantadora Vila do Livro

A ligação de Montereggio, na Toscana, com o título de única Vila do Livro de toda Itália vem de longe. No século 16, vendedores de almanaques e livros (incluindo livros proibidos), viajavam pela Itália e exterior até o começo do inverno, quando retornavam para Montereggio. Essa atividade passou para as gerações seguintes e alguns dos descendentes dos vendedores do século 16, abriram suas próprias livrarias e se tornaram editores. Atualmente, em torno de 150 descendentes dos vendedores tem importantes livrarias pelo mundo. O interessante é que muitos dos livreiros, que saiam viajando e só retornavam para casa no início do inverno, não sabiam ler, mas sabiam da importância do mercado com o qual trabalhavam.

Clipboard01_
Montereggio

Continuar lendo “Uma vila medieval na Itália, uma linda e encantadora Vila do Livro”

1808 e 1822 – Laurentino Gomes

1808 – Como uma rainha louca, um príncipe medroso e uma corte corrupta enganaram Napoleão e mudaram a História de Portugal e do Brasil” e “1822 – Como um homem sábio, uma princesa triste e um escocês louco por dinheiro ajudaram D. Pedro a criar o Brasil – um país que tinha tudo para dar errado” não são romances, são livros-reportagem sobre a história do Brasil, Portugal e da corte no começo do século XIX até aproximadamente 1835. Apesar de não ser romance, a leitura é muito gostosa e que flui muito fácil.

1808-1822_ Continuar lendo “1808 e 1822 – Laurentino Gomes”

A Sacerdotisa de Avalon – Marion Zimmer Bradley

A Sacerdotisa de Avalon foi a última obra de Marion Zimmer Bradley, concluído por sua colaboradora Diana L. Paxson e publicado postumamente.

Neste livro, que se passa entre 259 e 329, a vida de Helena (ou Eilan) é contada. Cronologicamente, essa história se passa em paralelo com a história da segunda parte do livro A Senhora de Avalon, no qual Dierna é a Senhora de Avalon (resenha aqui).

Helena é a filha de uma Grã-sacerdotisa e um príncipe britânico, criada no mundo romano, mas destinada à Avalon. Vamos acompanhar a história de Helena, narrada por ela mesma, dos 10 anos aos 80 e poucos.

Sac Avalon

Continuar lendo “A Sacerdotisa de Avalon – Marion Zimmer Bradley”