Bibliotecas de rua

Estão se tornando cada vez mais comuns as bibliotecas de rua. Ainda não tem um nome certo (já li também “biblioteca livre”), mas são estantes (às vezes geladeiras antigas, cabines)  colocadas na rua, é totalmente pública, gratuitas, sem carteirinha, sem tempo de empréstimo, sem qualquer tipo de controle.

Todo mundo é incentivado a pegar e doar livros. E todo mundo é responsável por cuidar dos livros.

Há vários projetos deste tipo de bibliotecas no Brasil, e a maioria desses projetos é criado pela população local.

IMG_20151206_143512022

Em Ituiutaba (MG) o projeto começou pequeno há pouco mais de 1 ano e já tem 6 cabines espalhadas pela cidade e mais de 3 mil livros. Quer conhecer mais o projeto? Confira o sua página no Facebook.

Em Brasília, além de prateleiras em paradas de ônibus, o projeto de um professor usa geladeiras antigas como bibliotecas de rua. O projeto começou com 84 livros, e já são 3 geladeiras. O pessoal lê, devolve e doa livros. E a arte das geladeiras é livre, feita por grafiteiros.

Em Porto Alegre (RS) a geladeira também foi utilizada para criar uma biblioteca de rua. Além de livros, o compartilhamento de marcadores de página e mensagens está mostrando o poder do coletivo na mudança das cidades.

Na cidade na qual eu moro, Karlsruhe (Alemanha), temos estas estantes de livros das fotos do post. Vejo o pessoal usando elas e pegando livros emprestados. E o legal dessas prateleiras é que como a porta é pesada e fecha sozinha, os livros ficam sempre protegidos do clima.

E na sua cidade, já existe algum projeto de biblioteca de rua?

Eu acho muito legal esses projetos, além de uma forma de aproximar a população da leitura, é também uma forma de mostrar que a cidade é de todos, todos devemos usá-la e cuidar dela.

Anúncios

6 comentários sobre “Bibliotecas de rua

  1. Adorei essa proposta. Aqui em São Paulo não sei se existem essas bibliotecas de rua, mas tem um projeto chamado Leitura no Vagão, no qual diversos livros são deixados nos assentos do metrô para que as pessoas peguem e leiam.
    Beijos!

    Curtir

    1. Não conhecia esse projeto, Elis.
      Em POA teve o projeto “Estante Pública”, que transformou o espaço que antes era usado pra publicidade nas paradas de ônibus em estantes de livros. Pena que não deu certo. =(
      Nesse site tem vídeos de quando o projeto começou: vimeo.com/channels/estantepublica

      Curtir

  2. Pingback: Os Pilares da Terra – Ken Follett – Oh my livros!

  3. Pingback: Metas de leitura para 2017 – Oh my livros!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s